ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
sexta-feira, 23 de setembro de 2016
Pós Idade Média

Reconstituindo.
A idade média ocidental foi um período da história no qual os seres humanos viveram melhor as orientacões religiosas de Jesus Cristo. Foi uma era onde se praticava excelente convivência social, com respeitosa dignidade entre as castas. Tempo de grandiosa simbologia. Admirava-se a corte como templário da perfeição. O rei e a rainha eram admirados com fascínio por todos os plebeus, que admitiam serem os governantes abençoados por Deus. Havia uma áurea de magia contagiante circundando a sociedade. A fé cristã era uma ponte que ligava os homens e mulheres à divindade.E a Igreja Católica era quem fortalecia a crença que unificava os espíritos.
Entretanto, pessoas inspiradas por tendências egoístas e tomadas por ambições desenfreadas, começavam a pensar em destruir o sistema em favor de uma contrução utópica, baseada numa nova ordem de liberdade, igualdade e fraternidade.
Por óbvio, liberdade só é possível de ser conquistada nos limites internos de todas as liberdades; a igualdade é impossivel num ambiente onde só existe diversidade e fraternidade só pode ser praticada em condições desiguais.
Iniciava a era da mentalidade burguesa com pressupostos errados, para conduzir a humanidade para o materialismo científico, a agitação contagiante do modernismo repleto de espírito revolucionário, e a consolidação irreversivel da era contemporânea, cada vez mais afastada de Deus.
Tem muito pano para costurar nas próximas postagens.



Postado por Jaime e Cintia as 23.9.16 e tem 0 comentarios


História da decadência

Depois que Adão e Eva se despiram da humildade, tudo teve um começo.
Houve uma sequencia de fatos dentro do campo do espaço e do tempo.
O enredo chegou no período feudal, a era medieval, no ocidente.
Nessa época, o ser humano tinha encontrado uma forma de relacionento diferente do tempo clássico. Na antiguidade havia muitos conflitos devido à falta de entidades que servissem de intermediação entre os estados e a população. Na propagada era das trevas, agora havia a Igreja Católica, uma mola que amaciava as divergências entre as desigualdades sociais. Ela era sempre procurada para interceder a favor daquele que parecia estar injustiçado.
Mas a sociedade em geral estava bem constituída, os serviçais tinham a posse da terra por usufruto pela vida inteira e podiam repassar o direito para os herdeiros. Em compensação deviam contribuir com parcela da produção para o verdadeiro dono do feudo. O palaciano, por sua vez, tinha a obrigação de defender a integridade física dos seus inquilinos, com o seu exército.
Acima desses atores na hierarquia estava o rei, que era um tipo de juiz, um déspota, mas verdadeiramente esclarecido, pois ele era ensinado desde criança, com a melhor instrução existente na época. Dava expediente no palácio. Ele recebia qualquer um sem barreiras políticas e em plenário aberto. Eram audiências públicas, portanto consideravelmente justas. Quando alguém, de qualquer nível, se sentisse prejudicado pela decisão do mandatário, podia pedir a interferência de algum representante da Igreja Católica, entidade religiosa de muito prestígio entre todos os organismos funcionais.
Não havia disputas por ascenção social de qualquer tipo, a não ser dentro dos currais palacianos da realeza ou nos cercados do clero para os plebeus que tivessem reconhecido desenvolvimento espiritual.
A regra maior era a de respeito à própria casta de nascimento.
E tudo ia bem, até que principia a formação dos burgos. Começava nova etapa revolucionária para perturbar a paz espiritual da humanidade. Estava iniciando a mentalidade burguesa, que iria abrir caminho para as maiores atrocidades coletivas e gratuitas da humanidade.
Mas a continuidade dessa história resumida fica para a próxima postagem.



Postado por Jaime e Cintia as 23.9.16 e tem 0 comentarios

terça-feira, 20 de setembro de 2016
Foro de São Paulo

O Foro de São Paulo foi criado por Lula e Fidel Castro em 1990. É uma entidade política de ideologia socialista, formada para estabelecer estratégias e ações nos países da América Latina, visando a junção destes em um único sistema de governo, denominado Pátria Grande. Fazem parte dele alguns partidos políticos brasileiros encabeçados pelo PT. Muitos partidos de esquerda de todos os países latinos também estão juntos nesse processo de globalização ideológica. O Foro de São Paulo não caracteriza um bloco econômico, mas sim revolucionário. Seus planos culturais de preenchimento de espaços vinham dando certo, até ocorrer o grande movimento popular espontâneo do povo em junho de 2013, quando se verificou que algo tinha trancado . Está escondido pela grande mídia brasileira, que não focaliza nenhuma notícia a respeito. O Papa Francisco, ao receber e aceitar uma estatueta de Jesus Cristo pregado na cruz, grudado  a um pedestal com o símbolo do comunismo internacional, de um dos líderes latino-americanos, exclamou, com um sorriso de falsa surpresa, "Pátria Grande", demonstrando que também ele está imbuído da construção desta utopia.
Bem. Por aí já se pode entender o porquê de tantos investimentos realizados pelo governo do PT em países "amigos" de mesma ideologia.

Postado por Jaime e Cintia as 20.9.16 e tem 0 comentarios


Norma coletiva

É assim mesmo. Quando você descobre uma forma de pensar com o próprio cérebro, foge da regra coletiva e é considerado um perturbado mental ou teórico da conspiração ( não dá bola para ele que ele tá pirado, rsss). Exatamente como querem os mantenedores da cultura. Então você se resigna a entrar na norma ou encara isso de frente e vai em busca da realidade. A verdade está na contramão da propaganda e pode ser descoberta com técnicas filosóficas. E a mídia só transmite notícias de interesses, motivo pelo qual está sempre grudada com o governo instituído.
Mas que tal?


Postado por Jaime e Cintia as 20.9.16 e tem 0 comentarios

domingo, 18 de setembro de 2016
Esquerda

Qualquer discurso é válido para manter o caráter revolucionário da esquerda.
Antes era contra a burguesia; depois contra a classe média (já que a burguesia contribui com as propinas para não ser incomodada); depois contra os trabalhadores braçais, já que esses são o fermento da riqueza necessária para praticar espólio; agora Lula, por exemplo, bate em cima dos burocratas (concursados), objetivando algum resultado financeiro futuro.
É assim. O grande líder está reunindo o rebanho de preguiçosos idiotas para se esconder no meio deles na tentativa de salvar a pele. Os antigos aliados seriam destronados pela propaganda enganosa.
É claro que a esquerda radical (entenda-se PT) vai perder os 70.000 cargos de confiança que fazem acontecer os movimentos ditos sociais, os quebradores de vitrines.
Mas o povo já percebeu os blefes e não vai mais ter medo de retórica e ameaças. Só com armas pesadas  e mercenários conseguirao instalar essa tal de Pátria Grande, projeto do Foro de São Paulo, criação maligna criada por Lula e Fidel Castro.


Postado por Jaime e Cintia as 18.9.16 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 16 de setembro de 2016
Coice livre

A liberdade não tem preço, mesmo que seja num espaço restrito.


Postado por Jaime e Cintia as 16.9.16 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 15 de setembro de 2016
Liberdade, liberdade.

Dá-lhe patas, cuiudo!
video



Postado por Jaime e Cintia as 15.9.16 e tem 0 comentarios

quarta-feira, 14 de setembro de 2016
As urnas

Os políticos malignos continuam enganando o povo brasileiro, empurrando urnas eletrônicas goela abaixo. Pois que deveriam as pessoas coerentes recusarem-se a votar. É urgente e imprescindível a comprovação impressa do voto, a ser depositada em urna física.  A apuração não necessita ser feita com urgência urgentíssima,  pois não é competição olímpica.  A urna eletrônica só deve ser usada como processo auxiliar de digitação e como arquivo consolidado. A apuração física deve ser realizada em cada colégio eleitoral, como era feito antigamente, com a presença dos representantes de cada partido concorrente. Não dá para aceitar que a apuração seja feita por apenas 23 pessoas tendenciosas e a comando de um juiz parcial, advogado de um único partido político, como ocorreu na última eleição. Isso por si só caracteriza fraude. O povo brasileiro não pode ser boneco de manobra.

Postado por Jaime e Cintia as 14.9.16 e tem 1 comentarios

terça-feira, 13 de setembro de 2016
Budismo e crristianismo

O budismo é uma tradição milenar que desenvolve diversas técnicas espirituais em busca da pacificação da mente. Não pode ser denominada de religião, porque não pretende estabelecer qualquer ligação com algum ser supremo e criador. Suas divindades são meras figuras mentais criadas para estabelecer um estado de neutralidade. E sua estrutura está assentada sobre quatro pilares importantes de convicção. Portanto ele utiliza uma metodologia sumamente válida, porém humana.

Já o cristianismo é uma religião. A rocha que o sustenta é a ligação direta com Deus, sem utilizar métodos psíquicos.  O todo poderoso se faz presente em carne e osso na pessoa de Jesus Cristo, que nasce no entremeio da História para solidificar as professias e passa a ensinar diretamente. Ele comprova a sua divindade com a realização de milagres e estabelece uma iniciação religiosa fundamentada na certeza da continuidade das almas após a morte.

A prática das cerimonias budistas pode levar o individuo  a um estado paradisíaco secular.
A aceitação da divindade de Cristo pode conduzir o ser humano a um estado paradisíaco eterno.
Qual dos caminhos é o melhor?



Postado por Jaime e Cintia as 13.9.16 e tem 0 comentarios

segunda-feira, 12 de setembro de 2016
Jesus e os diabos

Jesus Cristo disse ao jovem rico: "Se queres ser perfeito, vai, vende o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu".
Ele não disse para o sujeito fazer uma revolução, tomar o governo e tirar dos ricos para dar para os pobres. Isso é coisa do pensamento deturpado de seres diabólicos como Maquiavel, Marx, Stalin, Mao, Hitler, Fidel, Guevara e tantos outros que crêem numa sociedade utópica imposta.
Jesus fala para a alma individual e perpétua. Tenha amor no coração e terás o céu.  Mas tem de ser uma escolha pessoal. Se esta doação for forçada, ela não terá valor. Certo Paulo?
 Portanto, deixemos César decidir sobre suas posses, mas vamos adorar apenas o Senhor.


Postado por Jaime e Cintia as 12.9.16 e tem 0 comentarios

sábado, 10 de setembro de 2016
Jesus ou Buda?

Eu fui iniciado na religião Católica com o batismo.  Aprendi, ou formalizei, o refrão da confissão, para concretizar e validar a primeira comunhão. Confirmei, entre aspas, a permanência na corporação, com a crisma, mas não por convicção e sim por força da tradição. Depois fui tomado pela dúvida, devido a influências externas de características reformistas.
Como havia espaço vago na alma para preencher com espírito, fui procurar em outras instâncias.
Depois de muitas leituras eu pensei ter encontrado uma alternativa, realmente muito interessante, no budismo. As bases desta instrução são muito consistentes. Eu fiquei por muito tempo balançando entre Jesus ou Buda e cada vez mais eu me informava a respeito desta segunda opção, já que sobre o cristianismo eu tinha formação de catequese.
Esta instrução suplementar deu-me poder de vislumbrar o caminho óctuplo do grande mestre oriental.
Um dia eu estava numa loja na Protásio Alves em Porto Alegre e coloquei o olho num buda em posição de lótus e comprei. Ele tinha um pescoço fino e comprido,
Foi colocado no saco plástico e tomei com ele a direção da Ramiro Barcelos. Ao primeiro passo eu pensei;
- Se Jesus é Deus este buda vai chegar sem cabeça no apartamento.
Quando eu passei entre o pilar e o prédio da esquina, o saco bateu no pilar e fez barulho. Pensei: Jesus venceu. Realmente o Buda estava degolado. Coincidência, pensei.
Entretanto, há pouco tempo fui mexer num painel alto e pesado que estava em suspenso e esse caiu sobe mim, atirando-me ao chão. Eu caí de costas ao lado de um capacitor, no piso, Uma janela de lata em cima do painel, que abria na horizontal de baixo para cima, conforme o painel caía, a tampa abria e vinha prometendo degola. Pois estacionou num capacitor que estava sobre o piso. Eu, com o corpo em baixo do painel e a cabeça para fora, olhava perplexo para a navalha da tampa superior, a um palmo do meu pescoço. Tentei levantar o painel mas não consegui, Rastejei para o único local possível de sair do enrosque.
A quem devo agradecer a providência de não perder a cabeça pela degola?
Buda adentrou Nirvana, liberando-se de nova encarnação. Jesus continua operando milagres. Jesus é quem decide se a cabeça permanece ou não no corpo.

Postado por Jaime e Cintia as 10.9.16 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 9 de setembro de 2016
Seria muito bom se, mas para os outros.

Eu estava conversando com um amigo e recordávamos outros tempos. Ele me contou uma história muito significativa, que representa bem a ideia desses que defendem uma distribuição "justa" dos bens econômicos. É bom esclarecer que ele era rebento de uma família pobre. E trabalhou muito para construir um pouco de conforto. Ele, no período em questão,  estava participando do cursilho, movimento religioso da Igreja católica.  Convidou os ucolegas para um encontro festivo em sua casa. Como de praxe, o padre participaria. Assim que adentrou a residência esse ministro da fé se admirou do tamanho dela e foi logo exclamando:
- Meu Deus que casa grande, bem que poderia abrigar mais duas famílias necessitadas.
Meu amigo respondeu:
- Coisa nenhuma, eu ralei demais para construir esse bem e não vou dividir ele com outras pessoas folgadas e vagabundas que ficam esperando os benefícios caírem dos céus. Você é que poderia abrir a casa paroquial e abrigar esses pobres coitados preguiçosos.
Então o padre ficou vermelho de vergonha e, segundo o meu amigo, parou de sugerir tamanha aberração imaginativa.
Não é necessário dizer aos leitores que tiveram a oportunidade de conviver com ele que este pároco tinha por direito civil, anotado na certidão de nascimento, de usar o nome de Nadir (ou seria apenas a sua denominaçao de guerra?)
Aproveitando a deixa eu digo que fico surpreso em ler seguidamente no Facebook tantos comentários de ilustres burgueses, de razoável poder aquisitivo, admoestando as elites, que são eles próprios. A psicopatia atingiu em cheio a mente desses sonhadores, impregnadas de Lenin, Stalin, Mao e Hitler, que julgam que são somente os outros atores da sociedade (não eles) que devem promover o bem comum.
Aposto que o leitor de bom senso sabe identificar esses hipócritas.




Postado por Jaime e Cintia as 9.9.16 e tem 0 comentarios


Tucano

Eles voltaram

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 9.9.16 e tem 0 comentarios


Ah! Meu sítio

A vida no campo é maravilhosa, desde que a propriedade seja do proprietario, que o dono da granja tenha condições para sustentar funcionários que tirem o leite e cuidem dos animais e permaneçam no lote quando o patrão vai viajar a negócios ou se divertir no boteco da cidade.
Há a alternativa de produzir uma família grande para que os filhos façam o papel dos serviçais como era antigamente.
Como eu não tenho condições de sequer adquirir um lote para iniciar minha vida  de feliz condutor campeiro e minha prole é pequena, resolvi quebrar o galho construindo minha sede bucólica urbana.
Mas só com seres exóticos, de estimação, duplamente higienizados.
Ovelha anã já constatei que não pode fazer parte do rebanho, visto que desperta o apetite dos felinos.
É doce escutar o cantar do galo (garnizé, naturalmente), e o eventual relincho do pônei.

Postado por Jaime e Cintia as 9.9.16 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 8 de setembro de 2016
JBS couros

39% do abate de gado de corte do Brasil é realizado pela empresa JBS-friboi. Os curtumes pertencentes à corporação processam a totalidade das peles mais nobres (melhores classes) e desovam no mercado as peles descartadas. Pelo seu poder de negociação, adquirem mais uma parcela de peles de alta cotação de outros frigoríficos. Aos curtumes não pertencentes ao quadro corporativo resta dividir o que sobra, notadamente desnatado das melhores opções.
Dá para perceber o poder de manipulação dessa mega entidade?


Postado por Jaime e Cintia as 8.9.16 e tem 0 comentarios

Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Pós Idade Média
História da decadência
Foro de São Paulo
Norma coletiva
Esquerda
Coice livre
Liberdade, liberdade.
As urnas
Budismo e crristianismo
Jesus e os diabos

Arquivos

Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016

 

 


WM INTERNET