ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
terça-feira, 31 de julho de 2012
VINÍCIUS LINNÉ


Quando Vinícius Linné resolveu parar de trabalhar no curtume e saiu, deixou uma mensagem no computador para os seus colegas de trabalho.
Eu usava este computador (e ainda uso) para ver e repassar e-mails referentes à rotina do expediente.
Casualmente alguém deixou a carta de despedida aberta no vídeo.
Eu li e pensei comigo: este camarada vai fazer carreira literária.
Pois não é que fiquei sabendo que ele vai lançar um livro?
Um dia, também casualmente, porque não assino a Zero Hora, vi o seu nome estampado numa das páginas deste diário famoso. Tratava-se de um poema. É o terceiro publicado.
Pedi para ele me repassar a poesia por e-mail, mas, como ele é inteligente, me passou o link da sua página do facebook, onde encontrei uma série de postagens interessantes. Ele comenta, entre outras coisas, com propriedade, algumas poesias de Lydia Mombelli da Fonseca. Ainda vou retornar a pesquisar suas postagens e deixo, a quem quiser fazer o mesmo, o site, exclusivo para quem tem conta no face, naturalmente: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=443242019031220&set=a.283129881709102.69206.100000362773646&type=3
Pode-se folhear as páginas clicando em “anterior” ou “próxima”.

Para quem não gosta de redes de relacionamento social, capturei a imagem de uma das publicações, que pode ser visualizada abaixo:






Jaime Mombelli.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 31.7.12 e tem 2 comentarios

sábado, 28 de julho de 2012
COLABORADORES



Os colaboradores operadores da estação de tratamento primário de efluentes do curtume:
Da direita para a esquerda:
Jaqueline Kern: formada em Gestão Ambiental. Fez o estágio e foi integrada devido às suas habilidades excepcionais.
Miguel Basso de Oliveira: Prático Licenciado. Também foi formado na produção de couros, na difícil arte de pesar corantes. Perito em construção de galerias que passem pelo centro das cidades.
Jaime Mombelli: formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Aposta suas fichas num blog voluntário onde conta historinhas do passado que ninguém não vê.

Jaime Mombelli.

PS:
Se alguém encontrar os chinelinhos que aparecem na foto abaixo, favor devolver à Jaqueline Kern, pois é herança de família, uma preciosidade, que resolve problemas do pé, como cirurgia no dedão, por exemplo
.


Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 28.7.12 e tem 4 comentarios

sexta-feira, 27 de julho de 2012
DOCINHO


Eu e o Jaime fomos convidados para uma festa.
Meu sogro e minha sogra foram também.
O alto da festa é que os docinhos seriam trazidos de outra cidade.
Tudo estava ótimo até que fui provar um docinho conhecido como olho-de-sogra.
Minha sogra também escolheu o mesmo tipo.
De repente, fomos tentar falar uma com a outra e não conseguimos.
Começamos a rir.
O docinho grudou nos dentes e não tínhamos como abrir a boca.
Foi um fato engraçado e hoje faz bem recordar, pois foi um momento único, que vivenciamos eu e minha sogra querida.

Cíntia Mombelli


Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 27.7.12 e tem 3 comentarios

quinta-feira, 26 de julho de 2012
O ÚLTIMO DIA DAS MÃES



Dia das mães em Tapera
Maio de 2006


Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 26.7.12 e tem 4 comentarios

terça-feira, 24 de julho de 2012
ESCOLHA


No Natal Clarissa e Lara ganharam o Peposo e a Peposa, respectivamente.
Elas adoraram os ursinhos.
Certo dia Clarissa veio com a pergunta:
- Mãe, qual tu achas mais bonito: o Peposo ou a Peposa?
Respondi:
- Os dois! Acho-os muito lindos!
Passados alguns dias, a pergunta novamente, com uma ressalva:
- Mãe, tu achas mais bonito o Peposo ou a Peposa? Podes dizer a verdade, se for a Peposa eu não vou me importar!
Repeti novamente a mesma opinião.
O tempo passou. Lá veio a Clarissa com a mesma pergunta e dizendo:
- Fala mãe! Eu não vou me importar mesmo!
Diante de tanta insistência resolvi falar.
- Filha, a mãe acha os dois lindos, mas um pouquinho mais bonita a Peposa, pois é menina e tem um enfeite.
Na mesma hora percebi uma decepção muito grande no rosto de minha filha e dali por diante jurei nunca mais optar por algo que me fosse perguntado.
Acho que no fundo a Clarissa percebia a minha preferência ou talvez ela mesma assim achasse, mas tinha esperança de receber uma resposta contrária, o que lhe faria mais feliz com o seu ursinho!
A melhor resposta seria ilustrar pontos positivos dos dois, ou seja, eu gosto mais do Peposo, porque acho ele muito simpático e gosto mais da Peposa, porque ela é enfeitadinha!
Ainda hoje me culpo por ter feito uma opção única!

Cíntia Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 24.7.12 e tem 3 comentarios

domingo, 22 de julho de 2012
A COMPRA DO SÉCULO


Li no Correio do Povo de 15 de julho (p.6) a notícia de que a Petrobrás adquiriu 100% de uma refinaria nos EUA, obtida através de um acordo com a sua ex-sócia, uma trading belga:
“Este é um dos ativos que a estatal pretende ofertar ao mercado. [...] Ao todo a Petrobrás pagou 1,18 bilhão de dólares. [...] Fontes que acompanharam a operação [...] asseguram que o valor atual de mercado da refinaria texana [...] Poderia chegar a um décimo do que foi pago. [...] Questionada se espera retorno para o valor gasto, a Petrobrás afirmou ter como princípio “trabalhar para agregar valor a seus ativos”.”
Mas que barbaridade!
Será que eu entendi direito?
Alguém pode pagar 1.000% do valor de mercado a um ativo que pretende ofertar ao mercado?
Não, eu estou delirando!
Acho que sonhei com esta notícia!

Jaime Mombelli.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 22.7.12 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 20 de julho de 2012
POSTAGEM

Acrescentei duas imagens à postagem do dia 11 de junho de 2012. Todas as fotos foram gentilmente cedidas por Franciele Picinin Borges.






Colaboradores de Cruz Alta.




Família: Vitor, Fabrício, Júnior e Isolde.


Jaime Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 20.7.12 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 19 de julho de 2012
SEU SOLANO


Vou lhes contar a história escrita por minha mãe em seu livro, onde, em certa parte, recorda artes da infância, na cidade de Bagé.
Relata:
“Eu e a Reci aprontávamos poucas e boas. Na casa de minha avó, tinha um poço junto a casa. Nós subíamos no poço e através dele chegávamos ao telhado. A gente atravessava o telhado e chegávamos à frente da casa que dava para a rua. Lá de cima, mexíamos com as pessoas, que ficavam atônitas, sem saber de onde vinham as vozes.
Havia uma família cujo dono da casa não trabalhava. Era a esposa que mantinha a família com seu trabalho. As pessoas comentavam sobre essa situação.
Nós esperávamos por ele, o seu Solano. Quando ele passava, a gente cantava:
É o que o Solano quer,
boa casa e boa roupa
com o dinheiro da mulher!
O pobre olhava para todos os lados e não via ninguém. Nos escondíamos, e a nossa dinda nunca ficou sabendo de nada.
Seu Solano era um bom homem. Não sei por que razão não trabalhava. A família era gente boa. Os filhos foram bem sucedidos na vida.”

Maria Vicentina Lacerda Centena

Com esse relato podemos concluir que não importa o lugar geográfico: as crianças são sempre as mesmas!

Cíntia Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 19.7.12 e tem 0 comentarios

domingo, 15 de julho de 2012
PRESIDENTE POBRE

Jesus Cristo voltou:
Não dá para deixar de visitar o site abaixo. É uma reportagem da Veja sobre o Presidente do Uruguai José "Pepe" Mujica.

Vou postar apenas a foto do Presidente com seu fusca:

Gente, o fusca eu já tenho, falta-me ser Presidente.

Jaime Mombelli.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 15.7.12 e tem 8 comentarios

sábado, 14 de julho de 2012
NO COMPASSO

Clarissa Mombelli no programa do Roger Lerina, TVCOM.

http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=260345&channel=41

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 14.7.12 e tem 1 comentarios


ROLETA


Esse fato que lhes conto aconteceu em Porto Alegre.
Uma senhora bem gorda foi tentar passar na roleta do ônibus e ficou trancada. Fez mais um esforço e conseguiu passar pela roleta, só que nesse instante largou um “pum” bem alto.
Muito envergonhada foi sentar no banco mais próximo e por azar sentou ao lado de um bêbado, que começou a falar:
- Minha senhora, não se preocupe: a senhora peida, eu peido, o motorista peida!
E continuou:
- Dona, o cobrador peida, todo mundo peida!
A pobre mulher ficou roxa de vergonha e o ônibus virou uma risada só!
O bêbado não parava de falar no acontecido até que o motorista do ônibus resolveu acabar com a situação constrangedora.
Parou o ônibus e pediu para o bêbado desembarcar.
O bêbado, então saiu com essa:
- Ela que peida e eu é que tenho que descer!

Cíntia Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 14.7.12 e tem 5 comentarios

sexta-feira, 13 de julho de 2012
CLARISSA NO DHOMBA

Clarissa Mombelli no Dhomba (12/07/12)

Em Porto Alegre, a música encontra a arte. Dois anos depois do álbum de estreia, cantora e compositora Clarissa Mombelli se junta à ilustradora Nina Moraes pra botar nas ruas seu novo single: “Essa Chuva”.
Nina assina a arte da capa, a designer Carlota Viero o encarte. Mais do que isso, mil cópias do single foram espalhados pela cidade como uma espécie de intervenção urbana – “um grito de arte para aguçar os sentidos”, como define a cantora.
Os músicos Mari Martinez, Lucas Hanke, Ian Ramil e André Neto fazem participações especiais, completam a festa.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 13.7.12 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 12 de julho de 2012
APELIDO TIO A


Acho que, na historinha do tio A, o Jaime esqueceu “pequenos grandes” detalhes.
O apelido de tio A chegou no dia em que após eu colocar a mesa, aquecer nosso café no microondas, aguardei ele chegar. Demorou. Comecei a tomar o meu café. Ele chegou, sentou e ficou me olhando, me olhando, e concluí que estava aguardando eu novamente colocar a xícara dele para aquecer no micro.
Brinquei com ele: tio A.
Fomos ao mercado de fusca. Chegando ao carro, depois das compras feitas, Jaime ficou parado, me olhando, aguardando eu abrir a porta do carro, sendo que ele é quem estava dirigindo.
Retornando a nossa casa, estou descarregando as compras e me deparo com Jaime aguardando eu abrir a porta da casa, mesmo ele tendo a sua própria chave.
Ri muito e falei: tio A!              
Cafezinho batido eu adoro fazer e muitas vezes ofereço e ele não quer. O dia que eu não ofereci, ele pediu! Esses homens!
Jaime foi limpar a piscina e eu disse:
- O cafezinho está pronto!
Peguei uma cadeira e quando eu ia sentar, adivinha quem se adiantou? O tio A!
Para encerrar: nos dias em que viajo a Porto Alegre, quando retorno, sei exatamente as vezes que ele tomou café, tomou água, comeu doce, pois é só fazer o levantamento da louça que está na pia me esperando!
É ou não é um tio A?

Cíntia Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 12.7.12 e tem 5 comentarios

terça-feira, 10 de julho de 2012
CLARISSA NO VALE 12:30


  1. Foto: Uma das atrações da semana do Rock que a Marquise 51 está organizando é um show com a cantora e compositora Clarissa Mombelli, que acontece no Dhomba nessa quinta-feira, dia 12 de julho.

Para divulgar seu novo single, a artista elaborou uma ação de distribuição do single pela cidade e está convidando a quem tiver acesso à sua música, a fazer um desenho baseado no que sentiu quando ouviu o single pela primeira vez. 

Participe também dessa ação e envie seu desenho para clamombelli@gmail.com.

Os desenhos serão expostos no dia do show e estarão disponíveis no site da artista para serem admirados.

Para ouvir a música acesse www.clarissamombelli.com.br


O que: Show no Dhomba 
Quando: 12 de julho - quinta-feira
Horario: 22 horas
O Dhomba fica na rua Lima e Silva 1037
Preço: com nome na lista R$ 10,00 na hora R$ 15,00

A lista se encontra no site do bar http://www.dhomba.com.br/  clicando na agenda, na data do show.

Gente, obrigada pela super votação para o concurso Vale 12:30. Eu serei uma das participantes do evento! A vitória é de cada um que me deu seu voto, eu estou me sentindo muito feliz por esta conquista! Obrigada. 
                                                                              Clarissa Mombelli.

Nós ficamos muito felizes com esta conquista de nossa filha e também queremos agradecer a todas as pessoas que contribuíram com o seu voto.

                                                                  Jaime e Cíntia.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 10.7.12 e tem 1 comentarios

segunda-feira, 9 de julho de 2012
CLARISSA NO DHOMBA



Recado da Clarissa no facebook:


Estarei amanhã 10/07 no Programa Radar da TVE, e no programa Estação Cultura, da rádio Cultura FM a partir da 18 horas. Depois da meia noite participo do programa Chimia Geral da Ipanema FM! :D 

Dia 11/07 - quarta-feira estarei no Programa Cafezinho da Pop Rock, no programa Garajão da UlbraTV, depois das 18 horas no programa doRoger Lerina na TVCom.

Dia 12/07 - Show as 22h no Dhomba.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 9.7.12 e tem 1 comentarios

domingo, 8 de julho de 2012
CLARISSA NO POLL

Clarissa, na chuva.

Bem, pessoal, hoje é o último dia para votar. A Clarissa permanece em primeiro lugar, mas está só poucos votos à frente.

Se você tem conta no facebook, você pode ajudar. 
Se você não votou ainda, clique no link pequeno que está em baixo. Vai abrir a janela de votação.


Obrigado pela contribuição.


Jaime e Cíntia Mombelli.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 8.7.12 e tem 4 comentarios

sábado, 7 de julho de 2012
DEISE M. SCHNEIDER



Eis aí as imagens retiradas da página do facebook do CTG Guido Mombelli, anunciando a importante conquista da Deise, prenda juvenil da entidade. Estes concursos são de extrema dificuldade, pois devem atender diversos quesitos como Declamação, Dança, Postura, Desenvoltura, Conhecimentos, entre outros.
A foto de baixo mostra a Deise com seus pais, Paulo e Nelsi, a quem deixamos as congratulações, pois, seguramente, eles tiveram, junto com os seus professores educacionais, participação decisiva  na formação desta, desde já, reconhecida personagem da comunidade taperense.
Parabéns CTG Guido Mombelli, que continua mantendo a tradição de ser uma das mais atuantes entidades de cultivo às tradições rio grandenses nas atividades artísticas da região do Alto Uruguai.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 7.7.12 e tem 1 comentarios

quinta-feira, 5 de julho de 2012
LAÇADOR


O CTG Guido Mombelli tinha muita tradição nas atividades artísticas, mas muito pouca nas atividades campeiras. Era o Piquete de Laçadores Capitão Januário, da Serra dos Engenhos, que o representava, emprestando alguns dos seus cavaleiros, nos rodeios da Décima Quarta Região Tradicionalista do MTG.
Então um grupo de associados resolveu iniciar os treinamentos para se capacitarem ao tiro de laço. Cada qual comprou o seu cavalo, as encilhas e um boi, de guampas altas. As primeiras corridas deram-se na área onde hoje fica a sede dos Veteranos da Agrotap, na Linha São Luiz, na época pertencente à Mombelli & Cia. Ltda.
A largada, a montante do riacho, que servia de guia para a corrida do gado, era feita a partir de um brete simples de madeira, construído para esse fim.
Mais tarde o Darci Mattei promoveu dois rodeios na sua granja. Posteriormente foi inaugurado o Parque de Exposições José e Rosalina Keller, com o primeiro grande rodeio oficial em Tapera, promovido pela Prefeitura Municipal, de um lado, comandada pelo prefeito Ireneu Orth e o CTG Guido Mombelli de outro, do qual o patrão era o Senhor Darci Mattei.
Ora, um dos destemidos aprendizes era o Darnis Mombelli. A convite do inesquecível ex-patrão Inácio Haumpenthal, foram a um rodeio promovido pelo Piquete de Laçadores Porteira Aberta, no interior de Campos Borges.
Os dois alto-falantes, que serviam para as transmissões do locutor, eram uma espécie de cornetas, ligadas a baterias, instaladas próximas à cerca que separava a área de corridas dos bois e a dos espectadores. Às vezes estalavam, fazendo um forte ruído.
Aberto o portão do brete, o animal saiu em desabalada carreira e o Darnis lançou o seu cavalo no encalce, rodopiando o laço de doze braças, coisa digna de um já treinado peão de estância. O boi ia seguindo próximo ao alambrado, quando a corneta soltou um estalido muito forte, assustando o animal. Este mudou repentinamente de rumo, bem na hora em que o Darnis soltou o laço, que foi parar enrolado na corneta.
Arrisco-me a relatar o que o locutor , que era o afamado Aristeu Murat, teria dito ao narrar este episódio, não fosse o peão desastrado ter destruído o sistema de som montado para o evento:
- Este é o Darnis Mombelli, do grupo de laçadores conhecido como “Globo da Morte”, que conseguiu confundir-se, trocando corno por corneta, laçando espetacularmente um alto-falante, coisa inédita nos nossos pagos, merecendo, pois, o título de primeiro gaúcho laçador de objetos sonoros em cancha de tiro de laço dos pampas.
Eta, Darnis! Desenleia, chê!

Jaime Mombelli. que conseguiu confundir corno com corneta, laçando espetacularmente um alto-falantefoi parar enrolado na corneta    


Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 5.7.12 e tem 1 comentarios

quarta-feira, 4 de julho de 2012
CINEMA AVENIDA


A última música que explodia nos alto-falantes do Cinema Avenida aos domingos à tarde, e que chamava o pessoal para a matinê, era, assim eu creio, uma homenagem ao quarto centenário da cidade de São Paulo, que nós, as crianças, chamávamos de “quarto centão” e parodiávamos cantando assim, segundo fragmentos da minha memória:

“São Paulo, quarto centão, baixei a calça e caguei no chão.
A merda endureceu, passou um auto e furou o pneu.
Chamaram os da Prefeitura pra examinar se a bosta era pura.
Me mandaram para o xadrez e eu, de raiva, caguei outra vez.”

Segundo a Cíntia, minha esposa, em Bagé essa letra era similar, com pequenas diferenças, um pouco melhor elaborada. Como era, pelo jeito, cantada em todo o Estado, achei que poderia considerá-la folclórica, em que pese usar termos vulgares. Eis o motivo de eu publicá-la.
Quando esta música orquestrada estava pela metade, de todas as esquinas as crianças começavam a aparecer, como se fossem abelhas chegando à colméia. Faziam fila em frente à bilheteria para comprar os ingressos e iam adentrando o cinema, entregando os bilhetes para o Bodão ou o Maneco, que eram porteiros, ocupando os primeiros lugares, nas cadeiras de madeira, bem próximos à tela grande e branca.
Quando começava a sessão - normalmente havia a continuidade do seriado interrompido no domingo anterior, que podia ser do “Policial Rodoviário” e seu cachorro treinado; “Tarzan”, que nadava mais rápido que o jacaré; “Ultraman”, com sua roupa espacial com a qual voava entre as nuvens e sempre chegava na hora certa para salvar algum necessitado, quando não era uma senhorita indefesa - então o silêncio imperava entre os assistentes, a fim de melhor escutar os sons e falas dos personagens.
Nas mentes limpas daquelas crianças alternavam-se emoções, que oscilavam entre o amor e o ódio aos personagens que saltavam dos projetores e grudavam na tela em movimentos lentos ou rápidos, de acordo com as características que a cena exigia.
E quando a fita rebentava, elucidando um amontoado de bolhas e riscos que desmontavam as imagens, aí sim a algazarra era ensurdecedora. Gritos, sapateados, palmas, todas as opções de protesto eram aproveitadas:
- Dá manivela, Bodão!
- Remenda logo a fita, Maneco!
- Eta, porqueira, não tinha outra hora?
- Que que é isso, minha gente!
Consertada a falha involuntária no retroprojetor, todos retornavam aos seus lugares e voltava a imperar o silêncio absoluto na platéia.
Eventualmente passava o trailer de algum jogo de futebol entre grandes equipes do Rio ou São Paulo para o êxtase dos desportistas infantis.
Depois vinha o filme, geralmente de cow-boy, que instalava grande algazarra entre os assistentes, nas horas em que o mocinho apertava o bandido, de alguma forma, para ganhar a parada em favor do bem. Então batiam com os pés contra o piso de madeira repetidamente e palmas e gritos e alertas:
- Cuidado! Atrás de ti tem um bandido!
- Atira logo, não dá chance!
- Dá um soco!
- Mete bala!
Depois do filme, nós, os meninos, íamos para o campinho que se localizava próximo à minha casa para continuarmos o enredo da fita, levando revólveres de plástico ou de madeira, quando não uma forquilha cortada na bifurcação para parecer uma arma, agora como legítimos autores da história a ser contada pela imaginação do grupo.
Era uma farra. E era muito empolgante.
A família do Senhor Gentil Batistella, com certeza, pode orgulhar-se, por ter contribuído significativamente para a formação cultural e intelectual de toda uma geração de taperenses, com o inesquecível Cinema Avenida, que trazia a esta pequena cidade as imagens de um mundo exterior, como um anúncio do fabuloso surgimento desta nossa era de redes virtuais, televisão, celular, internet, das quais não podemos mais nos libertar, mesmo escondidos nas entranhas de uma pequena cidade do interior de um diminuto mundo globalizado.

Jaime Mombelli. 


Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 4.7.12 e tem 13 comentarios

terça-feira, 3 de julho de 2012
PAGANDO MICOS


Eu estava levando um casal de periquitos na gaiola, dirigindo meu fusca, para a casa do meu irmão. Eles estavam no banco de trás. Buscando deixá-los tranqüilos, eu ia conversando com eles:
- Chiquinho, Chiquinha, beijinho mamãe!
Conversava e atirava beijinhos, movimentando a cabeça.
De repente eu percebo um rapaz parado na calçada, olhando para mim, intrigado com os beijos.
Comecei a rir, ao pensar que ele estaria imaginando ser o destinatário.

**

De outra feita, voltando do oftalmologista com meu marido, de carro, com os meus olhos ainda sensíveis à luz, devido à medicação aplicada, piscando seguidamente com um olho, percebo um amigo na calçada me olhando com espanto.
Eta!

Cíntia Mombelli.

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 3.7.12 e tem 1 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Tempestade
Contradições
RICARDO CASTAÑON, FRENTE A FRENTE
Armamento
Jardim das Aflições
Galáxias
Batman
Luneta e microscópio
Ilusões
Continuidade

Arquivos

Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017

 

 


WM INTERNET