ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
segunda-feira, 28 de abril de 2014
CHIQUE

Eu estava muito contente, pois ia viajar a Porto Alegre, para visitar minha mãe.
Tomei banho cedo ficando pronta para a viagem.
Como de costume fui ao salão de beleza dar um retoque no cabelo para dar uma melhorada no visual.
O dia estava bem frio e eu, na corrida, havia colocado um casaco de couro sobre uma camisetinha e um blusão fininho.
No momento de pintar o cabelo a cabeleireira colocou uma toalhinha pequena nas minhas costas e eu fiquei naquela de bota blusão, bota casaco, tira casaco, coloca toalha.
Voltei para casa e segui fazendo as malas, pois já teríamos que partir para não chegarmos tarde em Porto Alegre, ainda mais que havíamos combinado jantar fora.
Ao passar por um espelho, observei que eu estava um pouco corcundinha e pensei: estou herdando o problema de minha avó...
Fomos a Porto. Tudo muito legal.
A comida do restaurante estava ótima como de costume, pois íamos seguido lá devido a qualidade da refeição.
Voltei para o apartamento e resolvi trocar minha roupa na cozinha, onde estava minha mãe, para ir contando as novidades.
Ao tirar o blusão cai algo e minha mãe pergunta:
- Cíntia o que é aquilo ali?
Olho para o chão e vejo a toalhinha do salão de beleza. 
Começamos a rir sem parar.
Imaginem eu me achando toda chique no restaurante sem imaginar que carregava uma leve corcunda causada pela toalhinha!
Dos males o menor, a corcunda era falsa!
                                                    Cíntia Mombelli

Marcadores:


Postado por Jaime e Cintia as 28.4.14 e tem 1 comentarios

sexta-feira, 11 de abril de 2014
ILUSÕES

Uma das grandes descobertas de Sidarta Gautama, o Buda histórico, foi desvendar que a raiz do sofrimento humano está nos desejos. Claro, primeiro ele descobriu que "existe o sofrimento", que "o sofrimento tem causas" e que "o sofrimento pode ser extinto".
Para ele chegar a essas conclusões ele passou por inúmeras experiências físicas e psíquicas. Precisou praticar o ascetismo radical para compreender que a autoflagelação não é caminho para a sabedoria.
Buda conseguiu disciplinar a sua mente de tal forma que conseguiu eliminar todas as suas ilusões, identificando assim a verdadeira natureza da mente humana. É desta forma que ocorre a famosa "extinção". Nada a ver com o morte do corpo.
Ao contrário do que muita gente acredita, a iluminação não é o deslumbramento da verdade, mas sim a dissolução dos enganos. Quando a pessoa não mais encontra obstáculos psíquicos, sobrenada na verdadeira realidade. Então ela simplesmente sabe. Não precisa mais procurar nada. Não tem mais o que aprender. O sofrimento acaba, na imensidão da vacuidade...

Jaime Mombelli.

Postado por Jaime e Cintia as 11.4.14 e tem 0 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Tempestade
Contradições
RICARDO CASTAÑON, FRENTE A FRENTE
Armamento
Jardim das Aflições
Galáxias
Batman
Luneta e microscópio
Ilusões
Continuidade

Arquivos

Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017

 

 


WM INTERNET