ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
sábado, 11 de fevereiro de 2017
Ilusões

Os budistas visualizam o mundo físico como se ele fosse uma ilusão. Eles argumentam, com toda a razão, que tudo é impermanente. De fato, nada é igual ao que era antes, considerado o momento seguinte. Nem mesmo o ser humano. Ainda que este princípio  é aplicável à matéria, há de se considerar que ela serve de base para a existência. Sem a presença dela não existem condições para a elaboração de tais miragens. Este processo de manter a presença e a dissolução das coisas a cada momento não pode ser mantido sem o ordenamento de algo transcendental. Tudo está nele mas ele não é tudo. Ele está para além, amém.

Postado por Jaime e Cintia as 11.2.17 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Terra fixa
Demônios
Inteligência

Arquivos

Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Abril 2017 Maio 2017 Junho 2017 Julho 2017

 

 


WM INTERNET