ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
sábado, 11 de fevereiro de 2017
Ilusões

Os budistas visualizam o mundo físico como se ele fosse uma ilusão. Eles argumentam, com toda a razão, que tudo é impermanente. De fato, nada é igual ao que era antes, considerado o momento seguinte. Nem mesmo o ser humano. Ainda que este princípio  é aplicável à matéria, há de se considerar que ela serve de base para a existência. Sem a presença dela não existem condições para a elaboração de tais miragens. Este processo de manter a presença e a dissolução das coisas a cada momento não pode ser mantido sem o ordenamento de algo transcendental. Tudo está nele mas ele não é tudo. Ele está para além, amém.

Postado por Jaime e Cintia as 11.2.17 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Terra fixa
Demônios
Inteligência

Arquivos

Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Abril 2017 Maio 2017

 

 


WM INTERNET