ff




Jaime e Cíntia & Cia - jaimecintia@tapera.net
quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017
Imitando Aristóteles

Ganhei um galo e duas galinhas garnizé. Elas colocaram 16 ovos numa mesma caixa onde cada uma arrumou o seu ninho. A garnizé branca roubava os ovos da pintada, puxando os mesmos com a cabeça. Então eu fazia a repatriação. Em alguns dias aconteceu o nascimento dos pintos sem que falhasse nenhum. Alguns deles seguiam uma das galinhas e o resto a outra, mas sem preferência, porque ambas eram suas mães. As chocas defendiam seus filhotes da ação do galo, que sempre lutava para ser o primeiro a comer ração. Pois bem. Os pintinhos cresceram e as galinhas perderam o espírito protetor. Agora elas afastam os pintos também, até saciarem a vontade de comer. Apenas respeitam o galo, o que comprova a tese de que sempre há comando em todo o galinheiro de respeito.
Aposto que aquele que tem boa vontade consegue tirar proveito desta história verdadeira.





Postado por Jaime e Cintia as 9.2.17 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Ateu
Terra fixa
O bonzinho e o ruinzinho
Estado laico
Espertos
Possibilidade
Anjos
Demônios
Os polos
Andamento

Arquivos

Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Dezembro 2015 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017

 

 


WM INTERNET